top of page

Usinas hidrelétricas e a biodiversidade: Qual a relação?


Fonte: Neoenergia (2022)



De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, o Brasil possui a maior biodiversidade do mundo, contando com mais de 116 mil espécies animais e 46 mil espécies vegetais (abrigando cerca de 20% das espécies conhecidas em todo o planeta), estando estas presentes em seis biomas terrestres e três ecossistemas marinhos. No entanto, as diversas ameaças enfrentadas pela biodiversidade brasileira ocasionam na fragmentação do ecossistema e na extinção das espécies.


As hidrelétricas representam uma das mais importantes fontes de energia renovável existentes, representando quase 20% da energia elétrica mundial. No Brasil, o impressionante potencial hidrelétrico (cerca de 260 gigawatts) reflete no fato de que mais de 70% da energia elétrica produzida no país seja oriunda das usinas hidrelétricas (com 200 usinas em operação e várias outras em construção).


Mas qual a relação entre a biodiversidade e as usinas hidrelétricas? Continue a leitura.


Apesar da energia hidrelétrica ser considerada uma energia limpa (renovável) e representar um setor estratégico para a economia brasileira, o impacto ambiental da construção e operação dessas usinas deve ser levado em consideração.


Dentre os principais impactos é possível citar: inundação de áreas extensas de florestas e outros habitats naturais, causando a perda de espécies de plantas, animais e do solo, além da fragmentação de ecossistemas e destruição de comunidades ribeirinhas.


Além disso, as hidrelétricas podem alterar a qualidade da água e as condições de fluxo do rio, afetando a vida aquática. A redução do fluxo de água pode levar à diminuição do suprimento de alimentos para peixes e outros animais aquáticos, e o aumento da sedimentação pode afetar a saúde das plantas aquáticas e dos animais que se alimentam delas. Isso pode afetar espécies que são importantes para a pesca e a alimentação das comunidades locais.


Outro problema é o impacto dos reservatórios na população local e nas atividades econômicas que dependem do rio. A construção de uma hidrelétrica pode deslocar comunidades inteiras e causar impactos negativos na pesca, na agricultura e no turismo. Isso pode levar à perda de meios de subsistência e culturas locais.


Palavras-Chave: "hidrelétricas"; "biodiversidade"; "extinção"



Quer nos referenciar?


COELHO, L. ESA Jr. Usinas hidrelétricas e a biodiversidade: Qual a relação?, 2023. Disponível em: https://www.esajr.com/blog



REFERÊNCIAS:


Biodiversidade. Ministério do Meio Ambiente. Disponível em <https://www.gov.br/mma/pt-br/assuntos/biodiversidade>. Acesso em 14 de maio de 2023.


O potencial hidrelétrico brasileiro e a maior usina geradora de energia do mundo. USP. Disponível em <http://www.usp.br/portalbiossistemas/?p=7865>. Acesso em 14 de maio de 2023.



34 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page