ENERGIAS RENOVÁVEIS E O MEIO AMBIENTE


RESUMO


As energias renováveis são alternativas limpas de energia, de modo que a eletricidade é gerada através de fontes renováveis e sem a emissão de poluentes ou grandes impactos negativos ao meio ambiente, diferente das energias não renováveis como as que usam fontes de combustíveis fósseis que geram grandes impactos ambientais. Sendo os principais exemplos de energias renováveis, a energia solar, além das fontes eólica, biomassa, hídrica, maremotriz e geotérmica.


PALAVRAS-CHAVE: Energias renováveis. Energia limpa. Energias não renováveis. Solar. Eólica. Biomassa. Hídrica. Maremotriz. Geotérmica. Meio ambiente. Combustíveis fósseis. Impactos ambientais.


INTRODUÇÃO/OBJETIVOS


Os combustíveis fósseis são recursos naturais não renováveis, originados de restos de organismos acumulados na crosta terrestre ao longo dos anos, sendo os combustíveis fósseis o carvão mineral, os derivados de petróleo e o gás natural, largamente utilizados para a geração de energia. Desse modo, impactando negativamente o meio ambiente, uma vez que a queima desses combustíveis fósseis liberam gases de efeito estufa - dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e o vapor de água - que causam desequilíbrio e promovem o aquecimento global.

Uma vez que as consequências do aquecimento global já são vistas a exemplo do nível do mar que deve subir em média de 18 a 59 cm até o final do século XXI, implicando no desaparecimento de muitas ilhas, assim como a perda da cobertura de gelo, a exemplo do Ártico que já perdeu cerca de 7% de sua superfície de gelo desde 1900, o aumento na incidência da ocorrência de evento climáticos extremos, assim como a alteração na disponibilidade de recursos hídricos, igualmente como mudanças nos ecossistemas, desertificação, interferência na agricultura e outras consequências. De tal modo que faz necessário a busca por outras fontes de energia que não gerem impactos negativos ao meio ambiente, ou se o fizerem que sejam o mínimo possível, a fim de não colaborar ainda mais com o aquecimento global.

Dessa forma, este artigo tem o objetivo de fazer um estudo sobre as fontes de energias renováveis e as exemplificar.

ENERGIAS RENOVÁVEIS E O MEIO AMBIENTE


Segundo a Agência Internacional de Energia, o mundo está cada vez mais necessitado de energia, estima-se que esse acréscimo seja superior a 2% ao ano, de tal modo que se faz necessário o investimento em energia renovável, haja vista todas as consequência negativas que o uso de energias não renováveis causam ao planeta. Contudo, o cenário mundial mostra que a fonte de energia mais usada ainda é o carvão, com o consumo mundial de mais de 28% enquanto o consumo de energias renováveis, como hidrelétrica, solar e eólica, é de 13%.

Todavia, apesar do uso de energias não renováveis ainda ser predominante, já existe um largo incentivo ao uso de fontes de energias limpas, a exemplo do ano de 2015 onde cerca de 90% das novas energias geradas eram de fontes renováveis, sendo as principais a energia solar, biocombustíveis e eólica. Ademais, o uso de energias limpas evitou o lançamento de 1,5 gigatonelada de CO2 no ano de 2014, porém, mesmo assim, 32,3 gigatoneladas de CO2 foram gerados pelos combustíveis fósseis no mesmo ano.

Dessa forma, as fontes de energias limpas mais utilizadas são as águas dos rios e oceanos, ventos, luz do sol, biomassa, ondas e marés e o calor proveniente da terra. Tal como, a energia solar que utiliza a luz solar que permite a geração de energia elétrica através de dois tipos diferentes de tecnologia, sendo elas a fotovoltaica e a heliotérmica. De modo que a energia solar fotovoltaica consiste na transformação da radiação solar diretamente em energia elétrica solar por meio das células fotovoltaicas, que compõem os módulos fotovoltaicos, placas solares, expostas sob a luz do sol. Sendo que essa tecnologia, além de ser utilizada em grandes projetos de usinas solares, também é usada em lares e comércios por meio dos sistemas fotovoltaicos conectados à rede, que integram a geração distribuída de energia e permitem aos consumidores economizar até 95% na conta de energia.

Por outro lado, a energia solar heliotérmica é uma tecnologia restrita ao segmento de geração centralizada devido ao tamanho do projeto demandando, utiliza um grande número de espelhos coletores que refletem, de forma concentrada, a luz do sol a um ponto específico de uma grande torre central, para assim aquecer a altas temperaturas materiais específicos que, com sua expansão ou vaporização, movimentam turbinas que geram a energia elétrica.

Ademais, a energia eólica consiste na geração elétrica através da força dos ventos, na qual hélices com duas ou três pás são fixadas no topo de altas torres e giram conforme a intensidade dos ventos, produzindo energia através da força motriz gerada nas turbinas. Essa tecnologia, também permite a geração pelo próprio consumidor através de micro torres eólicas.

Igualmente, há a energia hídrica, sendo essa a fonte renovável mais utilizada no Brasil através das grandes usinas hidrelétricas, que respondem por mais de 60% da matriz elétrica do país. Contudo, apesar de ser uma fonte de energia renovável com a ocorrência de crises hídricas, como a que está ocorrendo no Brasil no ano de 2021, seu uso fica comprometido. Nesse caso, a energia elétrica é gerada por grandes turbinas instaladas nas barragens das hidrelétricas, que são movimentadas pela força das águas represadas dos rios e liberadas conforme a necessidade de geração.

Outro exemplo de fonte de energia renovável é a biomassa, que se consiste na geração através da queima de materiais orgânicos, como o bagaço da cana-de-açúcar, mais comum no Brasil, ou também o álcool, madeira, palha de arroz, óleos vegetais, entre outros. Embora a queima desses materiais libere gases poluentes na atmosfera, ela é considerada uma forma limpa de geração devido ao fato de que essa quantidade de CO2 liberada é absorvida no cultivo desses materiais, zerando os impactos ambientais.

Além disso, há também a energia geotérmica, consistindo na geração de energia por meio do calor interno da terra, através de usinas instaladas próximas a regiões onde esse calor se encontra mais próximo à superfície. Através de dutos especiais, uma grande quantidade de água é injetada no subsolo, a qual é expelida na forma de vapor através desses mesmos tubos e alimenta turbinas que geram eletricidade.

Há também a energia maremotriz, nesse caso a força das ondas e marés é utilizada para a geração elétrica, através de grandes torres subaquáticas instaladas próximas ao litoral e que, por meio de hélices acopladas a elas, geram energia ao serem movimentadas pela força da água.

Haja vista os tipos de energias renováveis que existem e como são diversificadas e acessíveis, além de gerarem menos impactos ao meio ambiente em comparação com os combustíveis fósseis, ainda há outras vantagens em seu uso. Sendo um desses, o fato de que esse tipo fonte de energia é "inesgotável" diferente dos combustíveis fósseis que são recursos finitos que um dia irão acabar, porém mesmo que as energia renováveis se renovem, o ideal é ter uma matriz energética diversificada, diferente do Brasil que concentra sua matriz energética em hidrelétricas, além disso, ocorre muito desmatamento no país por causa do agronegócio, fazendo com que o país constantemente enfrente crises hídricas. Além disso, outra vantagem do uso de energias limpas é a economia, uma vez que de acordo com o Fórum Econômico Mundial, em alguns países, a indústria de energia renovável atingiu o chamado ponto de inflexão, ou seja, ela custa o mesmo, ou até menos, do que as fontes poluentes.

Assim como, a geração de empregos, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a indústria de energia renovável já gera mais empregos do que as de combustíveis tradicionais e poluentes. Ainda mais há o incentivo à inovação, pesquisa e a criação de novas tecnologias. Igualmente, com a união de geração de empregos, a redução dos custos, e inovação tecnológica são essenciais para o desenvolvimento econômico de um país.

CONCLUSÃO


Portanto, mesmo que as fontes de energia renováveis sejam fontes limpas e que não liberem gases de efeito estufa, ela ainda sim polui o meio ambiente tanto durante a

fabricação de seus componentes, que por sua vez tem como matéria prima recursos naturais que necessitam de extração e de um processo de transformação industrial que geram gases e impactos ambientais. Assim como, quando os equipamentos chegam ao fim de seu ciclo de vida deixando resíduos sólidos, que nem sempre são reciclados ou destinados à reciclagem, de tal maneira que a cadeia de produção e suprimentos envolvida na indústria dos componentes ainda gera muitos resíduos e impactos ao meio ambiente.

Contudo, apesar dessa desvantagem as energias renováveis permanecem sendo a melhor alternativa para o meio ambiente, principalmente uma vez que as Nações Unidas tem o objetivo de conseguir o acesso à eletricidade para todos até 2030. Todavia, de acordo com o Banco Mundial aproximadamente 840 milhões de pessoas não têm acesso a energia elétrica, e as estimativas da AIE, 800 milhões de pessoas não terão acesso à eletricidade em 2030, se as tendências atuais continuarem, de modo que é necessário maiores incentivos ao usos das fontes de energia renovável para atingir o objetivo das Nações Unidas sem impactar muito ao meio ambiente e agravar ainda mais o aquecimento global.


Quer nos referenciar?


SANTIAGO, Ingrid. Esa Jr. Energias renováveis e o meio ambiente, 2021. Disponível em: https://www.esajr.com/blog


REFERÊNCIAS


1. ECYCLE. O que são energias renováveis?. Disponível em: <https://www.ecycle.com.br/energia-renovavel/>. Acesso em: 14 julho 2021.

2. ECycle. Quais as consequências do aquecimento global?. Disponível em: <https://www.ecycle.com.br/consequencias-do-aquecimento-global/>. Acesso em: 14 julho 2021.

3. Engenharia AmbScience. Qual a importância da energia renovável?. Disponível em: <https://ambscience.com/energia-renovavel/>. Acesso em: 14 julho 2021.

4. EPE. Energia e aquecimento global. Disponível em: <https://www.epe.gov.br/pt/abcdenergia/energia-e-aquecimento-global>. Acesso em: 14 julho 2021.

5. IPed Cursos. Vantagens das energias renováveis para o meio ambiente. Disponível em: <https://www.iped.com.br/materias/ambiental/vantagens-energias-renovaveis-meio-ambiente.html>. Acesso em: 14 julho de 2021.

6. Jr Pinto Wagner Alberto Luiz. Os benefícios das Energias Renováveis no Meio Ambiente. Disponivl em: <https://hccenergiasolar.com.br/posts/os-beneficios-das-energias-renovaveis-no-meio-ambiente/>. Acesso em: 14 julho 2021.

7. Soares de Castro Raisa.Fontes de Energias Renováveis: o que Você Deveria Saber [mas ainda não Sabe]. Disponível em: <https://blog.bluesol.com.br/fontes-de-energia-renovaveis/>. Acesso em: 14 julho 2021.

8. Solar Portal. Fontes de Energia Renováveis: Tudo o que você precisa saber. Disponível em: <https://www.portalsolar.com.br/fontes-de-energia-renovaveis.html>. Acesso em: 14 julho 2021.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo