Poluição do ar e suas consequências



O que é a poluição do ar?

A poluição do ar é o resultado do excesso de gases ou partículas líquidas e sólidas que são lançadas na atmosfera, que provocam impacto ambiental e problemas de saúde humana. Essa categoria de poluição é causada por substâncias que são chamadas de poluentes atmosféricos provenientes de fontes naturais (vulcões e neblinas) ou fontes artificiais produzidas pelas atividades humanas.


Causas da poluição do ar

A poluição do ar possui origem em fontes diferentes. Desde causas naturais, como, por exemplo, o metano, que é produzido na digestão de animais até mesmo a queima de combustíveis fósseis como o carvão e os derivados do petróleo.

Alguns processos naturais responsáveis pela liberação de gases poluentes na atmosfera são: atividades de vulcões, liberação de metano por animais durante o processo de digestão, poeira de desertos e decomposição. As atividades humanas que mais intensificam a quantidade de gases tóxicos e poluentes no ar atmosférico são: industrialização, queimadas, veículos e queima de combustíveis fósseis, mineração, uso de aerossóis, produção de energia elétrica.



Principais poluentes

  • Monóxido de carbono: produto resultante da queima incompleta dos combustíveis

  • Dióxido de carbono: produto resultante da queima de qualquer matéria orgânica. É encontrado naturalmente na atmosfera, mas quando lançado em excesso, provoca desequilíbrios, entre eles, intensificação do efeito estufa.

  • Ozônio: quando se encontra na troposfera, causa poluição e chuva ácida, sendo prejudicial para plantas e saúde humana.

  • Material particulado: resultado de queima de combustíveis fósseis, como fuligem.



Consequências da poluição do ar

Na saúde humana a poluição do ar pode provocar irritações na garganta, no nariz e nos olhos, além de dificuldade para respirar. A poluição também é responsável por problemas respiratórios, de uma forma geral, e pelo agravamento de problemas cardiorrespiratórios. As pessoas que se submetem à poluição excessiva acabam por ter a capacidade pulmonar prejudicada, podendo estar mais suscetíveis ao desenvolvimento de algumas categorias de tumores, sobretudo porque o sistema imunológico fica prejudicado.

Nos animais, a poluição pode prejudicar de forma grave o ecossistema que eles vivem, contribuindo para que a cadeia alimentar seja prejudicada, por exemplo, visto que algumas espécies não conseguem sobreviver a ambientes excessivamente poluídos. A poluição do ar também consegue corromper as estruturas das plantas e demais vegetais, atrapalhando o desenvolvimento e a reprodução desses seres vivos, contribuindo para o prejuízo de toda a cadeia.

A poluição do ar afeta o clima, os poluentes climáticos como o dióxido de carbono, o ozônio troposférico e metano contribuem tanto para o aquecimento global quanto para a poluição do ar. O ozônio permanece na atmosfera por apenas alguns dias, porém o metano e o dióxido de carbono levam décadas para ser eliminados do ar.

A água e o clima local também são afetados pela poluição do ar e isso pode afetar significativamente o ciclo da água. O material particulado pode reduzir a quantidade de radiação solar que atinge a superfície do planeta, afetando a taxa na qual a água evapora e se move para a atmosfera. Também influencia a formação de nuvens e a capacidade de transporte de água.


Medidas para reduzir a poluição do ar

  • Substituição dos combustíveis fósseis por energias renováveis;

  • Preferir a mobilidade ativa e sustentável, como ciclismo, caminhada e transporte público;

  • Retirar os veículos antigos de circulação;

  • Aumento das áreas verdes nos ambientes urbanos e reflorestar áreas degradadas;

  • Promover a conservação das áreas florestais;

  • Reduzir a utilização de agrotóxicos;

  • Reduzir as queimadas ao ar livre;

  • Incentivar as indústrias a utilizar equipamentos como catalisadores e filtros para reter a fumaça e poluentes.


Autoria: Ranyana Silva

Bacharelanda em Engenharia Sanitária e Ambiental – UFBA


Quer nos referenciar?

SILVA, Ranyana. Esa Jr. Poluição do ar e suas consequências. 2021.

Disponível em:


Fontes utilizadas:

MAGALHÃES, Lana. Poluição do ar. Toda Matéria, 2020. Disponível em:

< https://www.todamateria.com.br/poluicao-do-ar/ >. Acesso em 29 de abril de 2021.


ECICLE. O que é poluição do ar? Conheça causas e tipos. Disponível em:<https://www.ecycle.com.br/2949-poluicao-do-ar.html#:~:text=Polui%C3%A7%C3%A3o%20do%20ar%20%C3%A9%20a,biol%C3%B3gico%20e%20at%C3%A9%20mesmo%20energia. >. Acesso em 29 de abril de 2021.


DUQUE, Nathalia. Poluição do ar: o que é, causas e consequências. Estudo Prático, 2020. Disponível em: < https://www.estudopratico.com.br/poluicao-do-ar-causas-consequencias-e-o-que-fazer/ > . Acesso em 29 de abril de 2021.


ABREU. Mafalda. Poluição do ar: o que é, consequências e como diminuir. Tua Saúde, 2019. Disponível em: < https://www.tuasaude.com/poluicao-do-ar/ >. Acesso em 29 de abril de 2021.


SEDDON, Jessica. 5 impactos pouco conhecidos da poluição do ar. Wri Brasil, 2019. Disponível em: < https://wribrasil.org.br/pt/blog/2019/06/5-impactos-pouco-conhecidos-da-poluicao-do-ar-atmosferica >. Acesso em 29 de abril de 2021.



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo